TREM DE SÃO ROQUE

Trem de características turísticas da cidade de São Roque.

TREM DE SÃO ROQUE

 

A atual gestão da Prefeitura da Estância Turística de São Roque (2021-2025), administrada pelo Prefeito Guto Issa é consciente da importância do turismo e sua dimensão frente à economia atual, reconhecidamente o segmento é grande gerador de empregos diretos, indiretos e de renda, desde que acompanhado de ações concretas e objetivas.

Com uma demanda crescente por parte de órgãos públicos, privados e entidades sem fins lucrativos, observa-se que o transporte turístico de passageiros sobre trilhos no país, está sendo merecedor de novos estudos em alguns trechos e de pronta reativação em outros. Para tanto, será necessário a recuperação de trechos ferroviários (em vários trechos os trilhos foram furtados), carros (vagões) e locomotivas.

Considerada como Estância Turística do Estado de São Paulo, possuindo muitos recursos e atrativos turísticos, a cidade tem trabalhado para a implantação do Trem Turístico de São Roque, na recuperação das locomotivas, carros de passageiros e estações. 

Para a concretização do projeto, será necessária a concessão do trecho ferroviário que depende de acertos jurídicos entre a CPTM - Companhia Paulista de Trens Metropolitanos e RUMO Logística S/A. Assim que definido essas questões que já estão sendo negociadas entre as empresas e prefeitura, o município deverá receber a concessão do trecho ferroviário para a circulação do trem turístico.

A consultoria do projeto foi realizada pela THG Ferrovia, Turismo e Consultoria Ltda, onde  foram realizados os estudos de viabilidade turística e econômica e, atualmente a gestão da manutenção do material rodante está sendo feita pela Associação Nacional de Preservação Ferroviária - ANPF, uma parceria com a prefeitura, publicada pelo decreto n° 9.586/2021 e sem ônus financeiro ao munícipio.

 

 

OBJETIVOS

 

Geral:

 

Recuperar material rodante e trecho ferroviário, colocando em operação o trem turístico entre as estações de São Roque à Marmeleiro,  São Roque à Maylasky e Maylasky à São João Novo, no Município de São Roque, conforme cronograma de etapas do projeto, considerando que a linha está abandonada e vários trechos sem trilhos e pontes devido aos furtos.

 

Específico:

 

  • Desenvolver o turismo ferroviário regionalmente;
  • Incluir os estabelecimentos do entorno das estações ferroviárias envolvidas,
  • Contribuir com desenvolvimento gastronômico, meios de hospedagem e atrativos diversos.

MATERIAL RODANTE

 

Locomotiva 04 Corina São Roque IMG_20180411.jpg
LOCO MOGUL N° 4

Fabricante: H. K. PORTER COMPANY PITTISBURGH 

Tipo: 2-6-0

Ano: 1946

Origem: Estados Unidos da América

 

 

Locomotiva 05 Angelina São Roque 20210521.jpg
LOCO CONSOLIDATION N° 5

Fabricante: H. K. PORTER COMPANY PITTISBURGH 

Tipo: 2-8-0

Ano: 1948

Origem: Estados Unidos da América

 

carros_001.JPG
CARRO 1

Fabricante:

Ano: 

Origem: Brasil

Carro 2 São Roque THG Ferrovia viagens de trem 20210627_132637.jpg
CARRO 2

Fabricante:

Ano:

Origem: Brasil

 

ESTAÇÕES E PARADAS

 

Parada Marmeleiro THG ANPF 20210312 b.jpg

Parada Marmeleiro

Estação São Roque THG Ferrovia turismo.JPG

Estação São Roque

Estação São Roque Antiga 1875 THG ANPF P301209 C.jpg

São Roque antiga

Maylask estação THG ANPF 20201124 C.jpg

Estação Maylasky

Parada 50 THG ANPF 20210313 C.jpg

Parada 50

São João Novo estação THG ANPF 20210313 C.jpg

Estação S João Novo

PROJETO OFICINA ESCOLA FERROVIÁRIA

 

Objetivo:

 

  • Instalar oficina no pátio ferroviário da antiga estação de São Roque, um galpão de trezentos metros quadrados para ser utilizado na guarda de materiais rodantes (locomotivas, vagões, etc), bem como utilizar o espaço para recuperação dos bens móveis ferroviários;
  • Atender jovens recém formados em cursos a serem ministrados por instituições, que poderão ser contratados a cada recuperação de um bem;
  • Instalar Museu ferroviário na primeira estação de São Roque;
  • Destinar o espaço como ponto de visitação turística.

 

 

CURSOS DA OFICINA ESCOLA

 

Cursos a serem ministrados pelas instituições ou empresas:

  • Mecânica;
  • Elétrica;
  • Funilaria;
  • Pintura;
  • Carpintaria, etc.

 

fio-cinza.jpg

MUSEU FERROVIÁRIO DINÂMICO E ESTÁTICO

 

O Museu Ferroviário de São Roque tem por objetivo expor materiais diversos relacionada à ferrovia e principalmente da Estrada de Ferro Sorocabana, a qual esta via férrea iniciou.

O grande mote para instalação do museu é a antiga estação ferroviária e a primeira estação, datada de 1875, início da Sorocabana. Atualmente a estação está sendo utilizada como canil da guarda municipal e já passou por diversos usos.

 

CONCEITO DO MUSEU

 

Baseando nos históricos de diversos museus ferroviários pelo Brasil e exterior, onde opera-se trens turísticos, é possível observar que muitos atrelam a parte museológica de seus material rodante (locomotivas e vagões) junta às oficinas dos trens. Trens que são de características históricas e são operacionais, transformando-se em um grande museu dinâmico. Usar o museu como ponto de início de visitação e passando pela área de preservação de equipamentos históricos, trás uma grande oportunidade de envolvimento das pessoas e criando credibilidade ao trabalho preservação da história sobre trilhos.